Periodontia

Dentre as inflamações que podem ocorrer na gengiva, a GENGIVITE é a mais comum - mas não é porque é a mais comum que não necessita de atenção. Causada pela placa bacteriana, ela pode comprometer um ou mais dentes quando a higiene não é adequada. A placa se fixa na superfície dos dentes e se deposita nos sulcos gengivais, o encontro da gengiva com os dentes. Nesta fase, não há comprometimento total dos dentes ou ossos, mas você poderá notar alguma secreção ao redor deles e a flacidez na gengiva.

Além do aspecto avermelhado, é possível aparecer sintomas como sangramento e desconforto ao escovar os dentes e passar o fio dental. Se estes sintomas aplicam-se a você, recomendamos a ida ao dentista para realizar a limpeza bucal e remoção das placas.

Caso não haja o cuidado em erradicar as placas, a gengivite pode evoluir para um estado mais grave: a PERIODONTITE. Nesta fase, a doença compromete todos os tecidos ao redor do dente que o sustentam, ocorrendo uma retração da gengiva (os dentes parecem mais longos) e um enfraquecimento ósseo. Como consequência, os dentes podem ficar moles e até cair. O mau hálito é constante neste caso.

 Mas as bactérias podem ir mais longe ainda. Com o não tratamento da Periodontite, a complicação pode evoluir para a ENDOCARDITE. Significa que as bactérias que estão depositadas nos sulcos podem atingir a corrente sanguínea e se alojarem nas válvulas do coração, comprometendo o funcionamento do mesmo e a circulação sanguínea.

​Na Clínica Jaques Gontijo promovemos o controle
e tratamento destas doenças periondontais, 
através de consultas periódicas e exames, 
e quando necessário, tartarectomias  
(retiradas de placas bacterianas e tártaros) 
por profissional especialista.